quarta-feira, 2 de janeiro de 2013

Dentes de Rato, de Agustina Bessa-Luís


Dentes de Rato, de Agustina Bessa-Luís, é uma obra recomendada pelo Plano Nacional de Leitura/ Educação Literária.  

Para a protagonista, os adultos são "uns chatos" que as crianças não compreendem. Impõem regras, exigem obediência e bom comportamento. Até mesmo a sua irmã Marta, que só tem 12 anos, já quase passou para o outro lado, o lado adulto aborrecido.
Lourença é a "Dentes de Rato" porque tem a mania de "morder a fruta da fruteira e deixar lá os dentes marcados". Prefere a solidão e, mesmo partilhando o quarto com a irmã, vive só e descobre o mundo sozinha. Não faz perguntas porque não confia nas explicações que lhe possam dar e observa tudo para obter sozinha as respostas às dúvidas que tem.
Ela é a poesia e voa na sua cama transformada em palco, piroga ou transatlântico onde vive grandes aventuras.
Rebelde por natureza, detesta a ordem instituída pelos adultos:
  • As roupas que a mãe lhe impõe para fazer dela uma menina maravilhosa;
  • Ir de castigo para o jardim;
  • O colégio interno para onde recusou voltar porque não gostava de rezar;
  • As professoras que a preferiam ignorante pois o muito que sabia confundia-as.

Para leres o conto na íntegra, clica aqui.

Se ainda não conhecias esta escritora, tens aqui acesso a uma biografia de Agustina Bessa-Luís.

Boa leitura!

Sem comentários:

Publicar um comentário