quinta-feira, 17 de novembro de 2016

«Diário de Anne Frank» no Teatro

É uma das histórias mais marcantes do século XX — aquela que a adolescente judia alemã Anne Frank contou na primeira pessoa no seu diário durante a 2.ª Guerra Mundial e o Holocausto, e que foi editado em livro em 1947.
Anne Frank esteve escondida com a família num anexo secreto numa casa em Amesterdão, na Holanda, para onde tinham fugido por causa da opressão do regime nazi. Morreu em 1945, aos 15 anos, no campo de concentração de Bergen-Belsen, dois meses antes da libertação do campo pelos Aliados, mas concretizou o sonho de se tornar uma escritora.
Ao longo dos anos, “Diário de Anne Frank” foi retratado em várias peças de teatro e filmes, e agora chega ao Auditório Municipal Eunice Muñoz, em Oeiras.
A encenação é de Celso Cleto e tem no elenco Alexandra Leite, Augusto Portela, Carmen Santos, Helena Veloso, Igor Sampaio, Joana Coelho, Rita Cleto, Sérgio Silva e Tiago Careto. O texto é do dramaturgo belga Éric-Emmanuel Schmitt.
A peça, que fica em cena até 18 de dezembro, vai ter sessões de quarta-feira a sábado, às 21h30, e aos domingos, às 16 horas. Os bilhetes estão à venda no local por 12,50€, mas os estudantes e as pessoas com mais de 65 anos só pagam 7,50€. 
texto: Ricardo Farinha  http://ticketline.sapo.pt/
Co-Produção: DRAMAX - Centro de Artes Dramáticas de Oeiras / Câmara Municipal de Oeiras

Sem comentários:

Publicar um comentário