sexta-feira, 15 de junho de 2012

Gramática - Provas de Exame


2005, 2ªch (questão 1 alterada)
Responde às questões que se seguem sobre o funcionamento da língua, de acordo com as orientações que te são dadas.


1. Classifica as palavras do quadro seguinte, quanto ao processo de formação, assinalando com um X o rectângulo correspondente.


Derivação por
sufixação

Derivação por
prefixação

Derivação por sufixação
e prefixação
Derivação por parassíntese
Composição
magrinho





incómodo





arranha-céus





psicologia





anoitecer





indiscretamente






2. Completa adequadamente as frases que se seguem.

a) A palavra «profissão» é hiperónimo de _________________.

b) A palavra «bicicleta» é hipónimo de _________________.

c) A palavra «tristeza» é hipónimo de _________________.

d) A palavra «mamífero» é hiperónimo de _________________.


3. Preenche os espaços em branco, utilizando correctamente os sinais de pontuação e outros sinais auxiliares de escrita.

Na Praça João do Rio, juntavam-se muitos pedintes, porque era uma zona bem frequentada ¨

Carlos ¨ apesar de ser amigo de Janeiro ¨ não queria continuar a viver assim.

Às vezes, perguntava-lhe ¨

¨ Será que nunca sairemos desta situação¨

¨ Que dizes ¨ ¨ respondeu escandalizado Janeiro ¨ ¨ Melhor vida do que esta não há¨

4. Completa cada uma das frases seguintes, usando, nos tempos indicados, a forma correcta do verbo apresentado entre parênteses.

a) Pretérito perfeito simples do indicativo
O João e o Miguel não _______________(querer) aceitar o convite de um amigo para trabalharem num restaurante.


b) Pretérito mais-que-perfeito composto do indicativo
O Jorge pintou um brinquedo que _______________(encontrar) no sótão.

c) Pretérito imperfeito do conjuntivo
Se as plantas _______________(poder) falar, talvez _______________(haver) mais respeito pela natureza.


5. Como deves ter reparado, no texto, a palavra «frontalmente» (linhas 3 e 4) é incluída incorrectamente, pela personagem Janeiro, na classe dos adjectivos.

5.1. Indica a classe a que essa palavra pertence.

5.2. Escreve uma frase em que uses um adjectivo da família de «frontalmente».

6. Assinala com um X o quadrado que corresponde à frase que contém uma oração subordinada relativa explicativa.

¨ A Ana acenou de longe aos seus amigos, dois colegas que estudam na mesma escola que ela.

¨ A Sofia disse ao irmão que não queria ir com os amigos dele nem ao cinema, nem à praia.

¨ O António, que é o melhor amigo do Pedro, como não quis desiludi-lo, decidiu acompanhá-lo.

¨ Considero que, actualmente, as pessoas têm acesso mais facilitado à informação.


2006, 2ªch
_____________________________________________

1. Imagina que um amigo teu não conhece o significado das palavras listadas abaixo e resolve ir procurá-las num dicionário. Escreve à frente de cada uma delas, de acordo com o exemplo, a forma que ele deve procurar, para ficar elucidado.


limpos
limpo
reconstruíra

eficácia

projécteis

aldeães

continham-se

dólares


2. Reescreve cada uma das duas frases seguintes, substituindo por pronomes pessoais os complementos indicados em cada caso e procedendo às alterações necessárias.

2.1. Complemento directo do verbo sublinhado:

O António pediu aos amigos que o fossem visitar.

2.2. Complemento indirecto do verbo sublinhado:

Devolvi-o à funcionária de serviço.

3. Completa as frases seguintes, fazendo a concordância entre o verbo indicado e o sujeito. Usa qualquer tempo e qualquer modo adequados ao contexto.

a) Só eu e a Maria _______________(responder) à questão.

b) Tanto o Miguel como o Joaquim ______________ (assistir) ao jogo de futebol.

c) És tu quem ________________ (costumar) fazer barulho nas aulas?

d) Matemática, Ciências, Línguas, tudo _____________ (ser) interessante.

e) Nem o cansaço nem a dor ________________ (fazer) a atleta desistir.

4. Lê atentamente, a seguinte frase:

O Mário e os irmãos devolveram ontem os livros requisitados à Biblioteca.


Assinala com um X o quadrado que corresponde à forma passiva da frase que leste:

¨ Os livros requisitados à Biblioteca tinham-nos ontem devolvido o Mário e os irmãos.

¨ Ontem, foram devolvidos pelo Mário e pelos irmãos os livros requisitados à Biblioteca.

¨ Quem devolveu ontem os livros requisitados à Biblioteca foram o Mário e os irmãos.

¨ A Biblioteca devolveu ao Mário e aos irmãos os livros que eles tinham requisitado ontem.

5. Transforma em frases complexas os pares de frases simples a seguir apresentados, utilizando conjunções ou locuções conjuncionais das subclasses indicadas entre parênteses.

Faz as alterações necessárias à correcção das frases.

a) Todos queriam ir ao concerto. Eles não tinham dinheiro.
(conjunção ou locução conjuncional subordinativa concessiva)


b) O filme era muito longo. Deixei-me dormir a meio.
(locução conjuncional subordinativa consecutiva)

c) Não vou convosco à casa da Ana. Eu e a Ana zangámo-nos.
(conjunção ou locução conjuncional subordinativa causal)

d) Partimos de Lisboa às sete horas da manhã. Podemos ainda almoçar no Porto.
(conjunção ou locução conjuncional subordinativa condicional)


2007, 2ªch
_____________________________________________

1. A seguinte lista de palavras inclui quatro advérbios. Assinala-os

com

perante
cujo
porém

devagar

qualquer
enfim
quase

ninguém

quem
ou

sempre


2. Assinala com X os três enunciados da coluna B que estabelecem uma relação de concessão com

Coluna A
Coluna B


A Maria vai estudar para Coimbra
o enunciado da coluna A.
ainda que preferisse ir para Lisboa.
ao passo que o irmão vai para Évora.
mesmo que os pais fiquem tristes.
assim que acabar o 12.º ano.
embora lhe custe separar-se da família.
para ficar perto do primo.
porque a tia vive lá.
visto que a mãe assim decidiu.



3. Indica a função sintáctica de cada um dos elementos sublinhados nas seguintes frases.


a) Há pessoas que consideram os insectos fascinantes.

b) Os insectos são realmente fascinantes.

c) O mel é produzido pelas abelhas.


4. Completa as seguintes frases com as formas correctas dos verbos indicados entre parêntesis.

a) Foste tu que ______________________ (fazer) isto?

b) Foram eles quem ______________________ (dizer) isto?

c) Queres ir ajudar a limpar a mata? A gente ______________________ (ir).


2008, 2ªch
1. Lê as seguintes palavras.


com

enquanto
mas
em
isso
mim





Agrupa-as de acordo com as classes de palavras indicadas nas alíneas seguintes.

a) Conjunções;

b) Preposições;

c) Pronomes.


2. Reescreve as frases seguintes, substituindo os complementos indicados nas alíneas pelas formas adequadas dos pronomes pessoais. Procede às alterações necessárias.

a) Complemento directo

A empregada do café recorda, com admiração, os velhos tinteiros.

b) Complemento indirecto

Ele nunca escreveu uma carta aos avós.

c) Complemento directo e complemento indirecto

Enternecida, a avó mostrará aos seus netos os objectos antigos.


3. Reescreve na forma passiva a frase seguinte.

As gargalhadas de Fernando surpreenderam os vizinhos daquele bairro.


4. Transcreve a oração subordinada que integra a frase complexa que se segue.

As tecnologias que facilitam as tarefas diárias afectam alguns prazeres da nossa vida.

5. A frase «Os netos disseram que nem queriam acreditar.» inclui a seguinte oração: «…que nem queriam acreditar.»
Classifica-a.

2009, 2ªch
_____________________________________________


1. Completa cada uma das frases seguintes, usando as formas verbais apresentadas no quadro.

Escreve o número do item, a alínea e a forma verbal que lhe corresponde.

O juiz exigiu que as testemunhas a) naquele mesmo dia, em tribunal.        

Actualmente, b) muito o ambiente, mas há cada vez mais animais em risco.


Antigamente, c) mais espécies marinhas nos mares de todo o mundo.


No futuro, novas espécies d) enriquecer a fauna dos oceanos.          

existiam
dispusessem
viram
defendesse
defende-se
virão
haviam
depusessem


2. Reescreve as frases apresentadas, a) a d), iniciando a oração sublinhada pela conjunção, ou pela locução, indicada entre parênteses. Faz as alterações necessárias nas orações sublinhadas.


a) Mesmo se não me quiseres acompanhar, vou agora à praia. (mesmo que)

b) Se vires alguém a deitar lixo no mar, avisa as autoridades! (caso)

c) Apesar de não teres muito tempo livre, deves ir à exposição sobre baleias. (ainda que)


d) Para poderes mergulhar em águas profundas, tens de receber treino apropriado. (para que)



3. Transcreve a oração subordinada que integra a frase complexa que se segue.

Os alunos que visitaram a exposição fizeram trabalhos interessantes.


4. Lê a abertura de um discurso de apelo à protecção de espécies marinhas, proferido numa  associação ambientalista.


Companheiros e companheiras,
A Terra, o planeta azul, conserva ainda maravilhas
naturais nos seus mares…


Completa as frases que se seguem, para justificares a pontuação utilizada na abertura do discurso.

Escreve o número do item, a alínea e a função sintáctica correspondente.


Na primeira linha, usa-se a vírgula para assinalar a expressão com a função sintáctica de ____ a).

Na segunda linha, as vírgulas delimitam a expressão que desempenha a função sintáctica de ___b).


5. Lê a frase seguinte.

O pescador não disse aos amigos que tinha mergulhado.


5.1. Reescreve, em cada alínea, a frase anterior, substituindo, em cada caso, o complemento indicado na alínea pela forma adequada do pronome pessoal. Procede às alterações necessárias.

a) Complemento indirecto.

b) Complemento directo.

5.2. Indica o tempo e o modo da forma verbal «tinha mergulhado».

2010, 2ªch
_____________________________________________


1. Completa cada uma das frases seguintes, escolhendo uma das duas palavras apresentadas entre parênteses.

Escreve a alínea e a palavra que lhe corresponde.

O Manuel adora ler enquanto toma banho de _____a_)____ (emersão / imersão).

A Rita sabe distinguir o determinante «a» da _____b_)____ (preposição / proposição) «a».

O meu melhor amigo sabe guardar um segredo. Por isso, posso sempre contar com a sua _____c_)____ (descrição / discrição).

Os alunos debateram ontem a falta de _____d_)____ (comprimento / cumprimento) do regulamento da biblioteca.

Todos os anos, a Fundação _____e_)____ (cede / sede) livros à biblioteca da escola.   


2. Transforma cada par de frases simples, alíneas a) e b), numa frase complexa, substituindo o elemento sublinhado pelo pronome relativo «que».
Faz apenas as alterações necessárias.

a) O meu amigo adorou o livro. Emprestei-lhe o livro.

b) O livro está a ser um sucesso. O livro foi premiado.


3. Classifica a oração sublinhada na frase seguinte.

Caso queiras conhecer este autor, recomendo-te o seu novo livro.


4. Selecciona a opção que permite obter a afirmação correcta.

Considerando a frase «A Ana confirmou ao Pedro que, no dia anterior, tinha participado no concurso da biblioteca.», uma representação correcta, em discurso directo, da fala da Ana é

(A) «– Sim, Pedro, hoje participei no concurso da biblioteca.»

(B) «– Pedro, confirmo-te que, ontem, ela participou no concurso da biblioteca.»

(C) «– Sim, Pedro, ontem participei no concurso da biblioteca.»

(D) «– Pedro, confirmo-te que, hoje, participo no concurso da biblioteca.»

5. Lê a frase seguinte.

A equipa da biblioteca fará a apresentação dos novos livros.

Reescreve a frase na forma passiva, respeitando, na frase que escreveres, o tempo e o modo verbais.

6. Os segmentos (A), (B), (C), (D) e (E) constituem partes de um texto e estão desordenados.
Escreve a sequência de letras que corresponde à ordem correcta dos segmentos, de modo a reconstituir o texto. Começa a sequência pela letra (E).

 (A)
E quem julga que não gosta, com elas, aprenderá a gostar.

(B)
Ora acompanha a tragédia de um homem que não se consegue livrar do seu anjo-da-guarda,
ora nos mostra como uma flecha disparada para as alturas pode fazer com que todos os
homens percam as suas sombras.

(C)
Quase sempre num registo próximo do fantástico, neste volume de contos, o narrador revela um
eclectismo assinalável, que lhe permite saltar no tempo e no espaço com enorme facilidade. Tão
depressa está a falar de manifestações divinas em civilizações arcaicas, no Próximo Oriente,
como da abordagem de um navio português por piratas do mar da China.

(D)
Cereja em cima do bolo, lá mais para o fim, aparece um dos melhores contos que já li em língua
portuguesa: «Coleccionadores». Estas 206 páginas continuam a ser, 27 anos depois, um regalo
para quem gosta de literatura.

(E)
Se, com o Plano Nacional de Leitura, se procura incutir nos jovens o prazer da leitura, então
este brilhante volume de contos [Contos da Sétima Esfera], com que Mário de Carvalho se
estreou literariamente (em 1981), é uma escolha acertada.

José Mário Silva, Ler, Setembro de 2008 (texto adaptado)

Sem comentários:

Publicar um comentário