sexta-feira, 15 de junho de 2012

Orações - correção


A.    Conjunções e locuções conjuncionais coordenativas e subordinativas


Transforma as frases simples em frases complexas, seguindo as instruções que te são dadas.

(Se necessário, altera a ordem das frases e o tempo verbal.)


1. (exprimir causalidade) A Ester não veio. A filha adoeceu.

A Ester não veio porque filha adoeceu.

2. (exprimir finalidade) Conta a verdade. Tudo ficará mais claro.

Conta a verdade, a fim de que / para que  tudo fique mais claro.

3. (exprimir condição) Pedir-te-ia um favor. Atenderias o meu pedido?

Se te pedisse um favor, atenderias o meu pedido?

 4. (exprimir adição) Mariana saiu de casa. Mariana dirigiu-se à mercearia.

Mariana saiu de casa e dirigiu-se à mercearia.

 5. (exprimir conclusão) Está a chover. Leva o guarda-chuva.

Está a chover, portanto leva o guarda-chuva.

 6. (exprimir alternativa) Queres sair? Preferes ficar em casa?

Queres sair ou preferes ficar em casa?

7. (exprimir oposição) Ele fez uma promessa. Não a cumpriu.

Ele fez uma promessa, mas não a cumpriu.

8. (exprimir tempo – simultaneidade) O meu pai faz o jantar. A minha mãe põe a mesa.

O meu pai faz o jantar enquanto minha mãe põe a mesa.

9. (exprimir conclusão) Estava a chover torrencialmente. Não saí de casa.

Estava a chover torrencialmente, portanto não saí de casa.


B.   Sublinha e classifica a conjunção ou locução conjuncional presente em cada uma das frases.


1.    O Daniel fez as malas e partiu de férias.

      e- conjunção coordenativa copulativa

 2.    Estou muito cansado, por isso não vou sair.

       por isso- locução coordenativa conclusiva


3.    Se fosse necessário, o herói enfrentaria ainda mais perigos.

se – conjunção subordinativa condicional


4.    Assim que terminei os trabalhos, fui ver televisão.

assim que – locução subordinativa temporal


5.   Seja Verão, seja Inverno, o António anda sempre em mangas de camisa.

seja… seja – locução coordenativa disjuntiva


6.    O rapaz chorava sempre que via aquele filme.

sempre que – locução subordinativa temporal


7.    Procuraram os assassinos em todos os locais mas não os encontraram.

mas - conjunção coordenativa adversativa


8.    Todos participaram na aula, visto que o assunto era interessante.

visto que - locução subordinativa causal


C.  Classifica as orações sublinhadas.


1.   A Maria tinha febre, logo não foi à escola.

                                         oração coordenada conclusiva


2.   Telefonei à Ana e ela veio imediatamente.

                                oração coordenada copulativa


3.   O Tiago é um cavalheiro, portanto abre-me a porta.

                                                oração coordenada conclusiva

 4.   O Miguel pintou o quadro, no entanto não o quis vender.

                                                 oração coordenada adversativa


5.   Queres sair connosco ou preferes ficar em casa?

                                          oração coordenada disjuntiva




D.  Divide e classifica as orações.


1.   Não vou convosco,/ porque não gosto de filmes de terror.

     1ª oração – subordinante       2ª oração – subordinada causal


2.   Se fores ao cinema,/não te esqueças de mim.

      1ªoração – subordinada condicional   2ª oração –subordinante      


3.   Não parei de ler o livro /enquanto não cheguei ao fim.

      1ª oração –subordinante       2ªoração – subordinada temporal


4.   Logo que chegues a Paris, /telefona à mãe, /para que ela não fique preocupada

     1ª oração – subordinada temporal   2ª oração – subordinante   3ª oração - subordinada final  


5.  Eu chego mais cedo /para que tu possas ir comigo.

      1ª oração –subordinante   2ªoração - subordinada


E.  Substitui as conjunções/locuções destacadas nas frases por outras de sentido equivalente, efetuando as alterações necessárias, como no exemplo.


1. Quando entrares, fecha a porta.  Assim que entrares, fecha a porta.


2. Faço o bolo, desde que tu me ajudes.

 Faço o bolo, se me ajudares.

 3. Estava cansada, mas ainda foi estudar.

Estava cansada, no entanto, ainda foi estudar.


4. Como teve boas notas, o pai ofereceu-lhe um computador.

O pai ofereceu-lhe um computador porque teve boas notas.


5. As nuvens desapareceram, logo não vai chover.

As nuvens desapareceram, portanto não vai chover.


6. Estas férias, escalei esta montanha e atravessei aquele rio.

Estas férias, não só escalei esta montanha como também atravessei aquele rio.


7. Convidou-o, a fim de que ele não ficasse zangado.

Convidou-o, para que ele não ficasse zangado.

Sem comentários:

Publicar um comentário